jusbrasil.com.br
20 de Setembro de 2019

Saiba quem tem direito da revisão do saldo do FGTS em 2019

News Juri, Jornalista
Publicado por News Juri
há 4 meses


Saiba quem tem direito da revisão do saldo do FGTS em 2019. Trabalhadores que tiveram conta de Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) ativa entre 1999 e 2013 poderão ter direito à revisão dos valores. Em setembro do ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu por unanimidade de votos a substituição da taxa de correção do FGTS. Com isso, foi reconhecido o dever de substituição da taxa de correção da TR (Taxa Referencial) pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

A alteração da taxa pode representar um aumento de até 88,3% a mais no FGTS do Trabalhador que contribuiu entre 1999 e 2013.

Aposentados e trabalhadores que já tenham sacado o FGTS também podem entrar com uma ação para obter a restituição da diferença do valor a mais que teriam direito. A questão foi tema do Recurso Extraordinário (RE) 611503, interposto pela Caixa contra decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3).

Esse reconhecimento promove o chamado efeito multiplicador, ou seja, o de possibilitar que o Supremo decida uma única vez e que, a partir dessa decisão, uma série de processos idênticos seja atingida. O Tribunal, dessa forma, delibera apenas uma vez e tal decisão é multiplicada para todas as causas iguais.

Nas décadas de 80 e 90, o Governo implantou uma série de planos econômicos buscando pôr fim à crise. E para sanear as contas estatais, naquela época, o governo federal deixou de aplicar os índices de inflação em um determinado período, reduzindo o valor real do dinheiro. Assim, o governo repassava ao trabalhador menos do que o seu dinheiro valia, uma vez que não cobria a perda inflacionária.

Para saber se tem acesso a esse direito, é necessário entrar com uma ação de revisão do FGTS. Pode ingressar com a ação todo trabalhador que teve conta ativa no período entre 1999 e 2013. Têm direito também aposentados e trabalhadores que já tenham sacado o FGTS .

A diferença a ser recuperada do FGTS com a correção do INPC pode variar entre 48% a 88% do saldo disponível à época.

Mas existe um prazo para propor a ação. O direito à revisão do FGTS prescreverá em novembro de 2019.

LEIA TAMBÉM

8 dicas dos maiores especialistas em advocacia que farão a diferença na sua carreira

--------------------------------------------------------------------------------------------

VEJA TAMBÉM

MATERIAL COMPLETO PARA CORREÇÃO DO FGTS

Material de Correção do FGTS para Advogados

Aumente sua Produtividade como Advogado

Tenha Acesso a mais de 1300 modelos de Recursos de Multas

1 Comentário

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Desculpe mas essa matéria não condiz com a realidade, em verdade a matéria tratada no RE 611503 diz respeito EXCLUSIVAMENTE a contas vinculadas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em decorrência da aplicação de planos econômicos. Portanto, não é verdade afirmar que "Pode ingressar com a ação todo trabalhador que teve conta ativa no período entre 1999 e 2013". http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=390299 continuar lendo